Rss Feed




  1. Sinopse: Você já se perguntou, em algum momento da vida, sobre quem realmente está por trás de todos os finais felizes dos contos de fada? E o que acontece com estas pessoas quando a princesa finalmente se casa com seu príncipe encantado? Isso livro nenhum conta! Aliás, duvido que você consiga imaginar uma fada madrinha, que não seja velha demais, roliça demais ou simpática demais. Não que eu seja uma ‘Sininho’ da vida, mas sou muito diferente, do que dizem por aí. Nós, fadas madrinha, não fazemos outra coisa da vida que não ajudar as nossas princesas a encontrarem o seu final feliz. Este é o nosso único propósito. O problema é que quando ninguém está olhando, nós nos perguntamos quando chegará a nossa vez. Será que teremos que ajudar umas às outras, no final das contas? Será que o ‘felizes para sempre’ também existe para nós? Bom, meu nome é Emily. Só Emily. E esta é a minha história. Chame de conto de fada, se quiser, mas não saia por aí me descrevendo como a criatura mais adorável do universo, porque estou bem longe de ser assim. Qual é?! Só porque eu sou uma fada madrinha, quer dizer que tenho que viver de bom humor? Quem foi que te disse essa mentira?




    Olá pessoal, como estão?

    Voltei aqui finalmente com mais uma resenha bem especial da autora Kate Willians com outro tema bem interessante. Anteriormente eu havia feito outra resenha do livro da autora com o tema Distópico (veja aqui) e agora essa resenha traz o tema de fantasia (adoro!) e onde criaturas mágicas estão escondidas em todos os lugares, junto com uma fadinha muito diferente de todas as encontradas nas histórias.
    Houve vários fatos que me deixaram com um pé atrás sobre a história, mas mesmo assim foi bem agradável ler o livro como um purificador da mente muito show. Sério! Sabe quando você leu um livro com um tema pesado e depois precisa de um tempo? Esse livro deixa você muito relaxado e trás aquela paz da literatura (risos).
    Vou deixar de enrolação e trazer a resenha do livro, então pegue uma pipoca com pó mágico, um refrigerante de néctar de flores e desfrute da magia desse livro.

    O livro trás a história de Emily uma fada madrinha bem diferente das que aparecem nas histórias e a das mais bravas que eu já conheci. Emily é temperamental ao extremo no começo da história e tem um grande sonho desde que se entende por fada: realizar um desejo de uma princesa de verdade e conseguir unir um casal da realeza com seus felizes para sempre.
    Ela não se da bem com nenhuma de suas duas irmãs fadas e também tem problemas com um gnomo pra lá de persistente, que arruma inúmeras maneiras de tentar conquistar a fadinha. Esses seres mágicos vivem em certa árvore encantada na Disney e são protegidos por um véu contra olhares humanos, realizando pedidos de todos aqueles que acreditam em sua existência e poder mágico.


    Emily sempre arruma confusões por onde passa, tendo momentos cabulosos por seu estresse sem limites ou ocasionando desordem em lugares tranquilos. Em certo dia sua vida muda de ponta cabeça com a chegada de um pedido para lá de especial: uma princesa de verdade veio pedir ajuda para esses seres feéricos a fim de ajudar sua irmã com seus problemas de adolescência.


    Não demora para Emily fazer tudo o que é possível a fim de conseguir esse pedido, ocasionando um desmoronamento na sua vida familiar e social e problemas com a grande Rainha Morgana. No fim cabe a essa fadinha, cheia de problemas, realizar o desejo da sua tão esperada princesa, mas o que ela não sabia era de poder ter muitos problemas com uma adolescente rebelde e alguém bem perto de sua personalidade de pavio curto.

    NOTA

    Gente, esse livro me trouxe umas frases muito especiais que achei bem show, além de mudar muito bem o sentido de ser um ser vivo. Sempre houve histórias de fadas, mas uma com fadas realistas, cheia de emoções, ódio e tudo mais eu nunca havia lido.
    Alguns problemas que eu tive foram à construção do mundo dos feéricos onde não teve uma grande descrição e vida total dos personagens, algo um pouco rápido demais. Além de que houve uma falta de aventura bem desenvolvida e que me prendesse na história. Claro que isso pode mudar, já que recebi o livro cru sem alterações da editora, mas mesmo assim não retirou a essência da história.
    Eu recomendo para aqueles que gostam de fantasia e uma nova versão do que seria ser uma fada madrinha. Sério!

    OBS: Agradeço a autora por me escolher para ter o privilégio de receber o livro e desfrutar primeiro do que outros leitores e espero que faça muito sucesso quando o livro anterior.

    O que acharam da história? Já ouviram falar de uma fadinha mais louca do que a Sininho? Diga nos comentários, vou adorar saber.
    Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Twitter, Instagram, YOUTUBE, GoodReads e Skoob. Sempre deixo coisas por lá.
    Espero que tenham gostado.
    Até a próxima.
    |


  2. 2 comentários :

    1. Muito obrigada por essa resenha maravilhosa, Caique! Não tenho palavras para descrever o imenso sentimento de gratidão que sinto. Sua resenha ficou maravilhosa como sempre, fico cada dia mais encantada com a qualidade do seu trabalho. Um beijo, Kate.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Kate, muito obrigado. Fico feliz que tenha gostado..
        Um grande abraço.

        Excluir