Rss Feed
  1. Data de publicação: Outubro de 2014
    Número de páginas: 484
    ISBN: 978-989-51-0885-5
    Coleção: Mundo Fantástico
    Género: Literatura Fantástica

    SINOPSE: Um grupo de jovens amigos que frequenta o ensino secundário, envolve-se numa aventura rocambolesca na tentativa de desvendar o mistério de uma das bases militares mais secretas dos Estados Unidos e do mundo, a Área-51.
    Nesta aventura destaca-se Tom, um rapaz de 17 anos que vê a sua vida estável e confortável completamente alterada por um drama familiar profundo e inesperado. Lutando para o ultrapassar, Tom sente um desejo inabalável de fazer algo “maior” pela humanidade e pelo restabelecimento do seu bom nome. Insurgindo-se contra a condução política do seu país, Tom contará com a ajuda dos seus três maiores amigos para enfrentar todo o tipo de adversidades, que colocarão as suas vidas em jogo.
    Baseado em  mitos urbanos norte-americanos,  “Área-51:  A descoberta” transporta-nos numa surpreendente aventura repleta de suspense e aparências, onde quatro jovens vão mostrar coragem, altruísmo e resiliência para atingir o coração da América, levando-a a perder a sua credibilidade internacional e salvando-a de si própria.
    Apesar de a sociedade atual se deparar com uma crise de valores morais e éticos, as personagens principais são confrontadas com desafios que irão provar o seu forte carácter. Desaparecimentos… experiências nucleares… relatos de experiências com alienígenas… Afinal de contas, o que se passa na Área-51?

    Olá pessoal, como estão?

    Hoje é dia de resenha sim e como já devem ter lido no título venho falar do livro Área 51: A descoberta do autor João Pedro Rodrigues.
    Recebi esse livro de parceria com a Chiado Editora e eu simplesmente amei essa história. Tem coisa melhor do que relacionar esse livro com alienígenas? Não, não tem.
    O livro começa com aquela vontade louca de saber o que vai acontecer, depois esfria para quase nada e no final explode de novo. Pelo menos, foi o que aconteceu comigo. Tem um ponto que eu quero falar. Esse livro tem um cheiro muito bom e é muito leve, não sei do que é feito, mas é incrível.
    Querem saber mais sobre o livro? Sente-se que lá vem história.

    O livro basicamente vai contar a história de quatro amigos Tom, Chloe, Peter e Louis que pretendem fazer uma busca em torno da Área 51. Os quatro estão no 3º ano do Ensino Médio e como suas vidas são pacatas eles querem fazer alguma aventura fora do comum.
     Para quem não sabe a Área 51 é uma base de pesquisas dos Estados Unidos que muitos não sabem para que serve e os motivos de sua existência. Alguns dizem que fazem pesquisas com alienígenas, mas nada é afirmado.


    Tom tem um temperamento forte e é muito altruísta, é um daqueles caras fascinados por coisas e a fascinação dele é em torno da Área 51 e seus objetivos. Tem 17 anos e como muitos adolescentes quer fazer algo de novo e se destacar. Tem problemas familiares com seu pai e mãe. No decorrer da história descobrimos coisas cabulosas em torno de sua família. Uma coisa que aborrece muito Tom é o diretor de sua escola que não larga seu pé nem um minuto, a todo o momento tem algo que Tom faz errado e quem está lá para ferrar a vida dele é o bendito diretor.
    Chloe é uma garota muito preguiçosa que adora dormir (normal dos adolescentes), sua vida não é muito estabilizada já que seu pai trabalha muito e isso a torna solitária, sua mãe morreu quando ela era pequena e isso torna as coisas mais difíceis. Ela é muito segura de si, mas é muito precavida, pois não gosta que as coisas saiam erradas.
    Peter e Louis são primos e são muito sem vergonhas. Não tem com falar muito deles, pois não consegui diferenciar um do outro no livro, mas as mães deles são barra duras e não gostam que seus filhos façam coisas erradas e se misturar com pessoas que não “prestam”.
    A curiosidade de saber mais sobre a Área 51 leva os quatro amigos em uma aventura aterrorizante e cheia de intrigas. Coisas horríveis estão para acontecer e os quatro estão no meio disso.

    “Desaparecimentos... experiências nucleares...
    relatos de experiências com alienígenas...
    AFINAL DE CONTAS, O QUE SE PASSA NA ÁREA 51?”

    NOTA





    INSCREVAM-SE NO CANAL (CLIQUE AQUI)

    Bom, deu para ver que o livro não é brincadeira não. Tem tanta informação que eu fiquei a cada minuto com curiosidade de saber mais. Comi essa história em dois dias.
     O livro está na língua de Português-Portugal, mas mesmo assim eu gostei do método de escrita. Não tem como não gostar de coisas relacionadas a fatos da ÁREA 51. Lendo o livro, fiquei com vontade de saber se existem de fato coisas descritas no livro naquele ambiente.
    Sabe aquele amigo chamado correio, sim esse mesmo. Como algumas vezes deu um erro de cuidado e o livro chegou com um probleminha na borda. Ainda mais como o livro é fraco ele chegou um pouco estragado. AFFS.
    Agradeço muito a Chiado Editora pelo livro e vejo que a editora tem potencial.
    O que acharam do livro? Você acredita em aliens? Diga nos comentários quero saber.

    Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Twitter, Instagram, GoodReads e Skoob. Sempre deixo coisas por lá.
    Espero que tenham gostado.
    Até a próxima.
    |


  2. 2 comentários :

    1. Olá Caíque, tudo bem?
      Eu amo esse gênero literário! Tenho certeza que a historia passou bem rápido, deve ser rica em conhecimento.
      Fiquei curiosa para saber se eles conseguem entrar na área 51, dizem que é quase impossível transpor esse local.
      Eu acredito sim, na possibilidade da existência de outras formas de vida que não seja da terra. Amei a resenha, Caíque. :-)

      Se você é apaixonado com esse tipo de historia lhe convido a conhecer "O Relicário", de uma olhada na sinopse.
      http://escritoraestefaniacristina.blogspot.com.br/2015/02/o-relicario.html

      Beijos e abraços,
      Estefania Cristina

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Estefania, tudo bem e você?
        Esse é um dos gêneros surpreendentes.
        Fique bem curiosa, pois não irei dar Spoiler. Kksks
        Obrigado por ser uma mente aberta, também acredito.
        Um grande abraço.

        Excluir